Não podemos iniciar os fatos sobre a História da Umbanda Sagrada, sem antes mencionar sua principal referencia: o Caboclo das Sete Encruzilhadas, um dos primeiros guias a se manifestar no médium Zélio Fernandino de Moraes, e fundador da religião de Umbanda em 15 de Novembro de 1908.

 

Aos dezessete anos, Zélio estava prestes a servir as forças armadas da Marinha, começou a ter mudanças de compor-

tamento, em seu tom de voz, os quais a principio foi julgado pela sua família por estar doente, com distúrbios mentais. Seus sintomas não foram encontrados em nenhuma literatura médica. A família foi sugerida por seu tio que era diretor de um hospício, para que o encaminhassem a um padre para que realizassem um ritual de exorcismo, também sem resultados.

Após estas tentativas frustradas, Zélio foi levado a uma benzedeira, que informou que o rapaz havia uma missão a ser executada. Após isso, foi à Federação Espírita em Niterói convidado a sentar-se à mesa. Contrariando as normas do local, disse que na mesa estava faltando uma flor, levantou-se e pegou uma rosa branca no jardim do local, colocando-a no centro da mesa onde era realizado o trabalho.

Iniciado o trabalho, Zélio incorpora um espirito e consequentemente outros médiuns manifestam a incorporação de caboclos e pretos velhos, o que causa desconforto no local, este espírito manifestado em Zélio é visto como um jesuíta por um dos médiuns videntes da casa. Esta entidade se apresenta como Caboclo das Sete Encruzilhadas, em que em sua ultima encarnação foi Padre Gabriel Malagrida.

E naquele momento surgiu a primeira manifestação da religião de Umbanda:

“Se julgam atrasados os espíritos de pretos e índios, devo dizer que amanhã estarei na casa deste aparelho, para dar início a um culto em que estes pretos e índios poderão dar sua mensagem e, assim, cumprir a missão que o plano espiritual lhes confiou. Será uma religião que falará aos humildes, simbolizando a igualdade que deve existir entre todos os irmãos, encarnados e desencarnados. E se querem saber meu nome que seja este: Caboclo das Sete Encruzilhadas, porque não haverá caminhos fechados para mim.”

No dia 16 de Novembro de 1908 foi fundada a Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade.

O Caboclo das Sete Encruzilhadas é considerado o Regente da terra, aquele que criou os Sete Tronos e Sete Regentes. São Sete frequências Divinas.

A religião de Umbanda possui características de outras religiões como Católica, pelo seu sincretismo aos santos, Kardecista, por seus princípios espirituais, e Africanas como o Candomblé, pelo culto aos orixás. É uma religião de origem brasileira.

Texto escrito por: Nanda Sampaio

HISTÓRIA DA UMBANDA